0

Ditadura de Getúlio Vargas

No final dos anos 1920, a República do Brasil estava em crise. Existiam fatores externos, como a recessão nos EUA, e internos, como a crise cafeeira e os conchavos políticos das oligarquias. Getúlio Vargas foi derrotado nas eleições presidenciais de março de 1930, por Júlio Prestes, mas tomou o poder em novembro de 1930, após um movimento militar.

O governo de Vargas foi autoritário e centralizado, caracterizado pelo populismo, nacionalismo, trabalhismo e forte incentivo à industrialização.

1932 - Revolução Constitucionalista de São Paulo, um movimento armado a favor da derrubada de Getúlio Vargas e de uma nova Constituição brasileira.

1934 - uma nova Constituição é promulgada, estabelecendo, entre outros fatores, o voto obrigatório para maiores de 18 anos. Após a promulgação da Constituição, o Congresso elege indiretamente Getúlio Vargas como Presidente da República.

11/11/1937 – O "Estado Novo", institucionalizou, de fato, o regime ditatorial, vigente desde 1930. A Constituição de 1937, inspirada no fascismo italiano, a "polaca", foi elaborada para ser uma Carta "livre das peias do democracia liberal" nas palavras do responsável por sua elaboração, o Ministro da Justiça Francisco Campos.

1939 - Eclode a Segunda Guerra Mundial.

1942 - O torpedeamento de navios mercantes brasileiros e as fortes pressões populares, obrigaram o governo brasileiro a se aliar aos Estados Unidos; foram organizadas as Forças Expedicionárias Brasileiras (FEB), que enviaram soldados para combater ao lado dos aliados.

1945 - o fim da Segunda Guerra Mundial representou, também, o fim do estilo fascista de governo de Getúlio Vargas. Várias manifestações populares clamavam por liberdade de expressão e democracia. Com a pressão popular, Getúlio concede anistia aos presos políticos.

Em outubro, um golpe militar, liderado por Góes Monteiro e Gaspar Dutra, depôs o ditador. O cearense José Linhares, presidente do Supremo Tribunal Federal, assumiu o governo e convocou eleições, vencidas pelo general Gaspar Dutra. O novo presidente tomou posse em janeiro de 1946.

 

Copyright © Guia Geográfico - Brasil no Século XX.

Getúlio Vargas (1882-1954) anuncia a criação do salário mínimo, em 1940. Entre os mais carismáticos e influentes políticos do século 20. Getúlio Dornelles Vargas nasceu em São Borja - RS, em 19 de abril de 1882. Foi Presidente da República em dois períodos: 1930-1945 e 1951-1954. Era altamente popular entre a população pobre. Havia, entretanto, seu lado obscuro: era simpatizante nazista e não conseguiu conviver com a democracia.

 

(1930 - 1945)

 

Getúlio Vargas

 

◄ Brasil no Século 20

 

Historia Brasil

 

 

Ditadura de Getúlio Vargas

 

Historia do Brasil