0

Ditadura de Getúlio Vargas

No final dos anos 1920, a República do Brasil estava em crise. Existiam fatores externos, como a recessão nos EUA, e internos, como a crise cafeeira e os conchavos políticos das oligarquias. Getúlio Vargas foi derrotado nas eleições presidenciais de março de 1930, por Júlio Prestes, mas tomou o poder em novembro de 1930, após um movimento militar.

O governo de Vargas foi autoritário e centralizado, caracterizado pelo populismo, nacionalismo, trabalhismo e forte incentivo à industrialização.

1930 - O primeiro poço de petróleo do Brasil jorra em Lobato, na Bahia.

1932 - Revolução Constitucionalista de São Paulo, um movimento armado a favor da derrubada de Getúlio Vargas e de uma nova constituição brasileira.

1934 - uma nova constituição foi promulgada, estabelecendo, entre outros fatores, o voto obrigatório para maiores de 18 anos. Após sua promulgação, o Congresso elegeu indiretamente Getúlio Vargas como Presidente da República.

1937 – A ditadura Vargas foi institucionalizada com o Estado Novo de inspiração fascista. O nome Estado Novo foi adotado quatro anos antes por Salazar, que governava Portugal, em regime ditatorial. As ditaduras eram moda no período entre as Grandes Guerras. A nova constituição, de 1937, previa o Parlamento Nacional, que nunca foi instalado. Vargas governou por decretos-leis.

1939 - A Alemanha invadiu a Polônia e começou a Segunda Guerra Mundial

1942 - O torpedeamento de navios mercantes brasileiros e forte pressão popular, levaram o governo brasileiro a se aliar aos Estados Unidos. Organizou-se a Força Expedicionária Brasileira (FEB), que combateu os alemães ao lado dos aliados.

1945

A Segunda Guerra Mundial foi vencida pelos Aliados. Fundou-se a Organização das Nações Unidas, junto com um Conselho de Segurança para a preservação da paz.

O fim da Segunda Guerra Mundial representou, também, o fim do estilo fascista de governo de Getúlio Vargas. Várias manifestações populares clamavam por liberdade de expressão e democracia. Com a pressão popular, Getúlio concedeu anistia aos presos políticos.

Em outubro, um golpe militar, liderado por Góes Monteiro e Gaspar Dutra, depôs o ditador. O cearense José Linhares, presidente do Supremo Tribunal Federal, assumiu o governo e convocou eleições, vencidas pelo general Gaspar Dutra. O novo presidente tomou posse em janeiro de 1946.

Mais: a Primeira Redemocratização do Século 20

 

Continuação do século 20:

● 1964, Ditadura Militar

● 1985, Segunda Redemocratização

 

Copyright © Guia Geográfico - Era Vargas, Brasil no Século XX.

 

Getúlio Vargas (1882-1954) anuncia a criação do salário mínimo, em 1940. Entre os mais carismáticos e influentes políticos do século 20. Getúlio Dornelles Vargas nasceu em São Borja - RS, em 19 de abril de 1882. Foi Presidente da República em dois períodos: 1930-1945 e 1951-1954. Era altamente popular entre a população pobre. Havia, entretanto, seu lado obscuro: era simpatizante nazista e não conseguiu conviver com a democracia.

 

(1930 - 1945)

 

Getúlio Vargas

 

Mapa do Brasil

 

◄ Brasil no Século 20

 

Historia Brasil

 

 

Ditadura de Getúlio Vargas

 

Historia do Brasil