A Segunda Redemocratização

 

Após os grandes movimentos populares, conhecidos como Diretas Já, os militares entregaram o poder aos civis. O Brasil seguia rumo a uma hiperinflação, com imensa dívida externa.

1985 – Em eleição indireta, Tancredo Neves tornou-se o Presidente eleito, mas morreu antes de tomar posse. Em fevereiro, assumiu o Vice-Presidente José Sarney.

1988 – A Assembleia Nacional Constituinte promulgou uma nova Constituição.

1990 - Fernando Collor de Mello foi eleito Presidente, nas primeiras eleições diretas após o Regime Militar.

1992 – Acusado por corrupção, o Presidente foi afastado por impeachment. Assumiu o Vice-Presidente Itamar Franco, em 29 de dezembro.

1994 - A hiperinflação era mais de 40% ao mês. O clima econômico era de desespero. O Plano Real, lançado em março, estabilizou a economia, após o entendimento do conceito de inflação inercial. O Real, a nova moeda brasileira, entrou em vigor em 1º de julho. Mais: Economia

1995 - Em 1º de janeiro, Fernando Henrique Cardoso (FHC) assumiu a Presidência. Várias empresas estatais foram privatizadas.

1998 – Fernando Henrique Cardoso foi reeleito.

No fim do século 20, o Brasil tinha 170 milhões de habitantes. Em 2014, são mais de 200 milhões.

 

Copyright © Guia Geográfico - Brasil no Século XX, Diretas Já.

 

O Deputado Ulysses Guimarães, Presidente da Assembleia Nacional Constituinte, apresenta a Constituição promulgada em 1988.

 

Teotônio Vilela, o Menestrel das Alagoas, em charge do livro do Henfil. O senador alagoano foi um dos principais políticos na luta pela redemocratização do País. Faleceu em 1983, em plena campanha das Diretas Já.

 

Bandeira Brasil

 

Irmã Dulce

 

Constituição

 

Mapa Brasil

 

Diretas Ja

 

◄ Ditadura Militar (assunto anterior)

◄ Brasil no Século 20

 

O Brasil no Século 20

 

Historia Brasil

 

 

 

Historia do Brasil

 

 

 

 

 

A Segunda Redemocratização

 

 

 

 

 

Divulgação